Centro Cultural São Paulo

Banner Centro Cultural São Paulo - Desktop
Banner Centro Cultural São Paulo - Mobile
  Visitação

Centro Cultural Correios São Paulo
Praça Pedro Lessa, s/n - Vale do Anhangabaú, Centro, São Paulo - SP
CEP: 01031-970
Telefone: (11) 2102-3691
SPM - Centro Cultural Correios - Caixa Postal
e-mail: centroculturalsp@correios.com.br

Funcionamento: O Centro Cultural Correios São Paulo recebe visitantes de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h. Entrada franca

Como chegar: Metrô - Estação São Bento, saída para o Vale do Anhangabaú.
Automóveis - Embarque e desembarque são liberados no calçadão, o acesso é pela Rua Capitão Salomão. Há estacionamentos públicos em torno do CCC.

Acessibilidade: Rota acessível. Elevador e banheiro adaptados.

Acesse aqui a planta baixa do Centro Cultural de São Paulo.

O prédio

O Centro Cultural Correios de São Paulo ocupa um grande terreno no Vale do Anhangabaú, coração do centro antigo da cidade. Com 15 mil m² de área construída, sua construção se iniciou em 1919 e a inauguração ocorreu três anos depois. Tornou-se um ponto marcante na paisagem urbana da capital Paulista e fez com que a Praça Pedro Lessa ficasse mais conhecida como "Praça do Correio" do que pelo seu nome original.

Foto da Fachada do Centro Cultural

 

Foto da fachada do centro cultural

Fomentando cultura

Inaugurado em 2013, fomenta atividades culturais nos campos das artes visuais, humanidades e música. A agenda é diversificada, durante todo o ano, com o intuito de atingir e atender aos diferentes gostos. O público tem a oportunidade de prestigiar, gratuitamente, artistas em início de carreira como também os renomados, que procuram inserir seus trabalhos em um local que une credibilidade e reconhecimento da sociedade.

 

Beleza em arquitetura

O edifício restaurado e reformado abriga em suas instalações a Agência Central de São Paulo e o Centro Cultural Correios. O espaço destinado ao Centro conta com uma área de 1.280m², com duas salas para exposições e o saguão central.

Foto da fachada do Centro Cultural de São Paulo
  Acesse aqui a planta baixa do Centro Cultural de São Paulo

Programação

  Exposição: Diálogo de Corpo e Alma
Imagem abstrata com o fundo escuro e pontas lilas. Escrita: Diálogo de Corppo e Alma

Serviço


Exposição: Diálogos de Corpo e Alma
Curadoria: Lesiane Lazzarotti Ogg
Abertura: 21/06/2022
Visitação: de 21/06 a 12/08/2022 - segunda a sexta-feira, das 10h às 17h
Centro Cultural Correios de São Paulo
Endereço: Praça Pedro Lessa, s/n – Vale do Anhangabaú, Centro, São Paulo – SP
Entrada gratuita. Com acesso para pessoas com deficiência. Classificação etária: Livre 
Como chegar: Metrô - Estação São Bento, saída para o Vale do Anhangabaú. 
Informações: (11) 2102-3691 
E-mail: centroculturalsp@correios.com.br
Apoio: Centro Cultural Correios São Paulo

 A exposição coletiva Diálogos de Corpo e Alma será aberta no Centro Cultural Correios São Paulo (CCCSP), no Vale do Anhangabaú (SP), no dia 21 de junho.

Com o propósito de abordar a questão da cura através da arte, da espiritualidade e da ciência reúne diversos artistas e seus trabalhos, que vão de pintura, escultura, instalações a videoarte.
A mostra se expande através de salas temáticas que apresentam diferentes caminhos da cura.

A cura através da ciência enfatiza o trabalho do Dr. Sérgio Felipe de Oliveira, renomado estudioso da glândula pineal, médico e pesquisador que desbravou caminhos desconhecidos, curando diversos pacientes através de suas descobertas revolucionárias.

O processo da arte e a utilização de animais como instrumentos auxiliares nas terapias, citando o inovador trabalho da psiquiatra Nise da Silveira e aspectos da vida de personagens como Kandinsky, Ernesto Nazareth, Bispo do Rosário, entre outros, são foco da exposição.

A história de Benedita Fernandes (A Dama da Caridade; filha de escravos libertos que dedicou sua vida pelo bem social na primeira metade do século 20 no interior de São Paulo) será interpretada em tela e trará aspectos espirituais relevantes (independentes de religião).

A criadora da exposição é a artista plástica Lesiane Lazzarotti Ogg, que desde 2013 realiza coletivas, como o Arte Alerta e o Pintar, para imortalizar a causa dos animais e do meio ambiente, criando interação com o público através da arte educação.

A curadoria é do artista Luiz Badia, diretor do atelier Baluarte, autor também de uma videoarte que comunica imagens do universo científico da glândula pineal.

A exposição, além de dezenas de artistas nacionais e internacionais, conta uma intervenção da artista Malka Borenstein e com convidados, apresentando seus trabalhos tridimensionais.

A exposição fica em cartaz até 12 de agosto no CCCSP, Centro, São Paulo (SP).