Você > Notícias > Selos dos Correios homenageiam os 200 anos da chegada ao Brasil da missão artística francesa

Selos dos Correios homenageiam os 200 anos da chegada ao Brasil da missão artística francesa

Os Correios lançaram no sábado (26) emissão comemorativa da Série Relações Diplomáticas, que celebra o bicentenário da chegada da missão artística francesa ao Brasil. Decorrentes de uma parceria entre os Correios e a Embaixada da França, os selos retratam o grupo de artistas que aportou no Rio de Janeiro, em 1816, a convite de D. João VI. O fato histórico assinalou uma mudança no panorama das belas-artes no País, introduzindo o sistema de ensino superior acadêmico e fortalecendo o neoclassicismo, que se iniciava. 

Sobre os selos

A emissão postal é composta por quatro selos, que apresentam, cada um, o retrato de um artista conhecido como um dos pilares da missão artística: Joachim Lebreton, líder; Grandjean de Montigny, arquiteto; Nicolas-Antoine Taunay, pintor de paisagens, e Jean Baptiste Debret, pintor histórico. As cores das bandeiras dos dois países aparecem em alegorias nas artes, destacando as relações diplomáticas entre as nações.

A imagem dos selos foi criada pela artista Dalila Santos, professora e coordenadora de curso de artes da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), um dos frutos da missão artística. A técnica escolhida para a arte dos selos foi a aguada de nanquim para os retratos e a aquarela para as cenas ao lado dos homenageados. A tiragem é de 480 mil selos, ao valor de R$ 3,55 cada, que podem ser adquiridos nas agências dos Correios, na loja virtual (www.correios.com.br/correiosonline) e na Central de Vendas a Distância (centralvendas@correios.com.br).

 

 

29/3/2016