Você > Notícias > Esclarecimento - cobrança de despacho postal

Esclarecimento - cobrança de despacho postal

A respeito da cobrança de despacho postal, iniciada em 2 de junho de 2014, os Correios esclarecem que:

- o mercado de entrega de encomendas internacionais no Brasil é concorrencial e a cobrança do despacho já é praticada há muito tempo por operadores do setor no Brasil.

- a cobrança é prevista na convenção da União Postal Universal (UPU), órgão da ONU que normatiza a atividade postal em todo o mundo.

- os Correios sempre absorveram os custos operacionais do despacho postal. A cobrança foi instituída neste momento devido ao crescimento exponencial das importações (cerca de 400% nos últimos anos) e a consequente elevação dos custos de operação da nacionalização das encomendas.

- a cobrança instituída pelos Correios (R$ 12) é inferior à praticada por outros operadores postais do Brasil e do mundo. No Brasil, a cobrança de empresas concorrentes pode chegar a R$ 50; o correio francês, por exemplo, cobra de 15 a 20 euros e o espanhol, de 15 a 18 euros.

- o padrão de qualidade de entrega de objetos internacionais pelos Correios é superior a 99%; a porcentagem de indenizações pagas pelos Correios por atraso, extravio ou avaria em relação ao total de cartas e encomendas internacionais transportadas foi sempre inferior a 1% nos últimos seis anos. Em 2013, o tempo médio de entrega do Brasil de remessas internacionais foi de 13 dias.

- o aviso a respeito da cobrança, com mais informações, foi publicado na homepage do site dos Correios, na seção Avisos e na página sobre procedimentos de importação.

- os Correios e a Receita Federal estão desenvolvendo um novo sistema, parte de um conjunto de ações dos órgãos participantes do processo de importação via postal, com expectativa de implantação no início do próximo ano, para reduzir o prazo final de importação pelos cidadãos brasileiros, por meio da troca antecipada e a disponibilização de informações eletrônicas sobre as encomendas (especialmente as do e-commerce), o que também trará maior segurança a todo o processo. Entre os principais benefícios a serem percebidos por milhões de brasileiros, destaca-se a possibilidade de pagamento dos impostos em ambiente internet, permitindo a entrega da encomenda internacional desembaraçada diretamente no domicílio do importador (destinatário), em um prazo muito menor que o atual.