Você > Notícias > Correios usarão capilaridade para conscientizar sobre combate ao Aedes aegypti

Correios usarão capilaridade para conscientizar sobre combate ao Aedes aegypti

Nesta segunda-feira (1º), o presidente dos Correios, Giovanni Queiroz, participou de reunião com a presidenta Dilma e ministros para alinhar ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, vetor da Dengue, da Chikungunya e do vírus Zika. Engajada na campanha pela erradicação do mosquito, a estatal adotará as medidas estabelecidas pelo Decreto n° 8.662, publicado nesta terça-feira (2), no Diário Oficial da União.

Entre as ações previstas, está a distribuição de folhetos educativos pelos carteiros em residências e empresas de todo o País. São 60 mil carteiros que atuarão como multiplicadores, reforçando as formas de combate ao mosquito e a consequência da presença de focos e criadouros à saúde da comunidade. Os atendentes comerciais também entregarão material educativo nas mais de 6,4 mil agências próprias da empresa. “Os Correios estão engajados e colocarão seu exército de trabalhadores para ajudar a conscientizar a população nesta guerra contra os focos do mosquito”, assegurou Giovanni Queiroz.

Outra atividade que está sendo implementada pela empresa é a localização e eliminação, em todas as suas unidades, de locais que permitam o acúmulo de água e que possam ser utilizados pelos mosquitos para reprodução.

 

2/2/2016