Você > Compilador de notícias (Não excluir)

Compilador de notícias (Não excluir)

Relação das últimas notícias
Você > Notícias > Correios incentiva cultura popular e beneficia crianças e adolescentes no Amazonas

Correios incentiva cultura popular e beneficia crianças e adolescentes no Amazonas

Brasília, 23/6/2017 - Para cumprir seu papel social e contribuir para a democratização da cultura popular, os Correios irão patrocinar a “Apresentação dos Bois Garantido e Caprichoso em Parintins 2017”. Esta é a 12ª vez que a empresa investe no evento, que reúne milhares de pessoas durante três noites para apreciar uma das tradições folclóricas mais bonitas do País.

Por meio do patrocínio, que permite a manutenção de importantes programas sociais ao longo do ano, mais de 1000 crianças poderão desenvolver aptidões educacionais e artísticas na Escola de Artes dos Bois. Com o apoio a esta iniciativa, os Correios ajudarão a amenizar a problemática da exclusão social de crianças e adolescentes da região.

A participação dos Correios no projeto também tem o objetivo de agregar valor à marca e possibilitar sua associação a um evento de repercussão nacional e internacional. O festival ainda é responsável por atrair cerca de 100 mil turistas ao município, público potencial para a realização de negócios com a empresa, que contará com estande no local para comercialização de seus produtos e serviços.

Realizado anualmente na cidade de Parintins/AM, localizada na ilha de Tupinambarana, a “Apresentação dos Bois Garantido e Caprichoso” é considerada uma grande divulgadora da cultura amazônica, da cidade, do folclore local, do caboclo ribeirinho, do índio e da religião.

Você > Notícias > Correios lança solução para entrega de encomendas em condomínios residenciais sem portaria

Correios lança solução para entrega de encomendas em condomínios residenciais sem portaria

Brasília, 22/6/2017 - Quem compra pela internet mas tem dificuldade para receber os produtos devido à ausência de pessoa encarregada na portaria do condomínio poderá contar com a nova solução disponibilizada pelos Correios ao mercado: as Caixas de Correio Inteligentes. Com a iniciativa, que consiste na instalação de equipamentos em condomínios sem porteiro, os moradores terão a comodidade de receber suas encomendas a qualquer hora do dia, todos os dias da semana.

As Caixas de Correio Inteligente funcionam da seguinte forma: o carteiro faz sua identificação no equipamento por meio de uma chave eletrônica, seleciona o tamanho do compartimento compatível com o pacote a ser entregue e informa o número do apartamento do destinatário. Ao chegar em casa, o morador se identifica utilizando também uma chave eletrônica, e o equipamento libera o acesso ao compartimento correspondente, permitindo a retirada do objeto com comodidade e segurança.

“Este projeto atende a uma demanda da população por mais alternativas de entrega. É uma solução que ainda não existe no Brasil e os Correios estão implantando de forma inovadora, para garantir que nossos clientes recebam suas encomendas em casa, de forma simples e com maior comodidade, assim como há anos recebem suas correspondências nas caixinhas de correio já popularizadas, mas agora com tecnologia”, destaca o presidente dos Correios, Guilherme Campos.

A solução será disponibilizada ao mercado e os equipamentos serão certificados pelos Correios, a partir das especificações técnicas funcionais divulgadas pela empresa no endereço www.correios.com.br/caixadecorreiointeligente. Os condomínios interessados deverão adquirir dos fornecedores disponíveis no mercado um dos modelos certificados e instalá-lo em local de livre e fácil acesso ao carteiro.

No primeiro momento, as caixas de correio inteligentes estarão disponíveis em alguns bairros de São Paulo e Porto Alegre e na cidade de Curitiba. As localidades que fazem parte da área de cobertura estão disponíveis no endereço www.correios.com.br/caixadecorreiointeligente.

Você > Notícias > Selo dos Correios homenageia centenário do samba

Selo dos Correios homenageia centenário do samba

Nesta sexta-feira (23), os Correios colocam em circulação um bloco com selo em comemoração ao aniversário de 100 anos do samba. A data faz alusão à canção Pelo Telefone, de Donga e Mauro de Almeida, que é considerado o primeiro samba a ser gravado no Brasil, em 1917. 

Elementos de Art Nouveau emolduram o bloco, que traz na ilustração de Daniel Effi o momento de reunião da roda de samba, fazendo referência à gravação do primeiro samba, sobre um disco de vinil. O ambiente remete à tradicional Praça Onze da cidade do Rio de Janeiro à época. 

Com valor facial de R$ 1,80, o selo pode ser adquirido em todas as agências dos Correios e também na loja virtual, no endereço https://www.correios.com.br/correios-online.

 

22/6/2017

Você > Notícias > Correios lança novos modelos de selo personalizado

Correios lança novos modelos de selo personalizado

Brasília, 14/6/2017 - Os Correios renovaram as opções disponíveis de selo personalizado. Além do modelo tradicional (que exige o uso de cola), foi lançada uma nova versão autoadesiva, que facilita a utilização. A arte dos modelos também foi atualizada com a nova identidade visual dos Correios, mais moderna e discreta, que proporciona mais destaque à imagem do cliente.

O selo personalizado é um produto que permite ao cliente criar seus próprios selos postais, utilizando as imagens de sua preferência (que podem ser fotos, ilustrações), e pode ser utilizado para o envio de correspondências ou como lembrança de ocasiões especiais. As folhas são compostas por 12 selos, cada uma, com valor facial referente ao 1º Porte Carta Comercial, o que permite a atualização automática do preço em um eventual reajuste na tarifa postal, dispensando a complementação de valores. A encomenda dos selos personalizados pode ser feita em qualquer quantidade e em qualquer agência dos Correios, em todo o Brasil, bastando que o cliente leve a imagem escolhida para estampar o selo.

Você > Notícias > Cartas podem ser enviadas ao Papa Francisco

Cartas podem ser enviadas ao Papa Francisco

Brasília, 12/6/2017 - A data que celebra o trabalho do líder da Igreja Católica Apostólica Romana se aproxima. Em 29 de junho, é comemorado o Dia do Papa. Para quem quer aproveitar a ocasião e felicitar o Papa Francisco, o Vaticano orienta que o contato seja feito por meio postal.

Como o papa não possui endereço de e-mail público, cartas e encomendas devem ser enviadas pelo correio. Todas as semanas, milhares de objetos chegam de todo o mundo ao Vaticano para o pontífice. Um escritório de correspondência, composto de quatro pessoas, é responsável por separar, ler e responder as mensagens. Todas as cartas recebem resposta na mesma língua em que foram escritas originalmente.

O endereço para o envio de correspondência ao papa é:

Sua Santità Francesco

00120 Città del Vaticano.

Data – O Dia do Papa é celebrado em 29 de junho em referência a São Pedro, o pai da Igreja Católica, que teria morrido nessa data em 64 d.C.

Serviços – Para encaminhar correspondência ao Vaticano, é possível usar os serviços internacionais oferecidos pelos Correios, como SEDEX Mundi, aerogramas, telegramas, documento prioritário e econômico e mercadoria econômica e leve.

Para mais informações, procure uma agência de Correios ou acesse o site http://www.correios.com.br

Você > Notícias > Correios atinge meta de redução de gás carbônico prevista para 2025

Correios atinge meta de redução de gás carbônico prevista para 2025

Brasília, 8/6/2017 - Os Correios atingiram, em 2017, a meta estabelecida pelo Programa Global de Redução de Emissão de Carbono no Setor Postal para 2025. O acordo, coordenado pela International Post Corporation (IPC), propõe que os operadores postais reduzam suas emissões em 20% até 2025 tendo como base o ano de 2013. Ao atingir o volume de 406.657 toneladas de carbono emitidas em 2016, os Correios do Brasil reduziram em 24,4% o resultado de 2013, superando a meta com oito anos de antecedência.

O resultado é revelado no Inventário Corporativo de Emissão de Gás Carbônico, auditado pela multinacional PricewaterhouseCoopers (PwC) e considera os dados relativos a 2016. A auditoria ressaltou que os Correios estão no mesmo patamar que grandes empresas mundiais no que se refere à qualidade do inventário e aos esforços em sustentabilidade.

“Nós reconhecemos que os Correios estão levando o tema Sustentabilidade bastante a sério. Em nossa visita, observamos um progresso significativo comparado a 2013: a equipe de sustentabilidade tem expandido e se profissionalizado e a administração de gases de efeito estufa tem aumentado em qualidade e detalhamento”, ressaltou o auditor da PwC/Bélgica, Justos Koek, que esteve no Brasil de quarta (7) até esta quinta-feira (9) para validar o inventário dos Correios.

As principais medidas que levaram ao resultado positivo foram o consumo consciente de energia elétrica e a otimização do uso da frota aérea pela empresa. “Não foi por acaso que conseguimos superar a meta com tanta antecedência. Os Correios vêm se empenhando fortemente em promover um uso racional de todos os recursos. Esse resultado mostra que nosso compromisso com a sustentabilidade vai muito além do discurso”, destaca o presidente dos Correios, Guilherme Campos.

Os Correios aderiram voluntariamente ao Programa Global de Redução de Emissão de Carbono no Setor Postal durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável: Rio + 20, tendo sido o primeiro operador latinoameriano a aderir ao acordo. Em 2013, os Correios emitiram 537.910 toneladas de CO2. Esse volume foi reduzido em 9,73% em 2014, 10,59% em 2015, chegando ao resultado de 24,4% em 2016. 

Você > Notícias > Correios apresenta nova estratégia para se reposicionar no mercado

Correios apresenta nova estratégia para se reposicionar no mercado

Brasília, 25/5/2017 - Os Correios apresentaram, nesta quinta-feira (25), uma nova estratégia e um novo modelo de estrutura organizacional. A mudança é mais uma das medidas que vêm sendo adotadas para recuperação financeira da empresa e seu reposicionamento no mercado. A iniciativa irá otimizar os processos e aumentar a eficácia dos serviços, rentabilizar a rede e oferecer soluções inovadoras à sociedade.

Com a nova estratégia e a nova estrutura, a estatal reformulará as áreas de atuação de suas vice-presidências, com destaque para a de Setor Público, que será responsável por estreitar o relacionamento com os clientes integrantes dos governos federal, estaduais e municipais.

O objetivo da mudança é intensificar o foco no cliente e aumentar a eficiência e a produtividade corporativa, enquanto explora melhor as sinergias entre os departamentos, aumenta o controle e a responsabilização de suas ações e reforça sua capacidade digital e de inovação. 

“Os Correios precisam, não só, defender e estender seus negócios principais, postal e encomendas, potencializar sua presença nacional e sua capilaridade, mas também têm que inovar e apresentar soluções digitais aos seus clientes, além de aumentar o foco em outros serviços enquanto investem em novos negócios”, frisou o presidente da empresa, Guilherme Campos.

A nova estratégia e a nova estrutura fazem parte do programa de transformação da estatal, chamado Dez em 1, que também estabeleceu outras medidas como uma gestão de custos por meio da metodologia Orçamento Base Zero e a priorização de processos-chave para aumentar a produtividade.

Nova Identidade Corporativa - Integridade, respeito às pessoas, compromisso com o resultado, responsabilidade, orgulho e orientação ao futuro para responder às necessidades dos clientes com agilidade passam ser os novos valores da empresa. Com a visão de ser a primeira escolha do cliente nos produtos e serviços oferecidos, os Correios cumprem a missão de conectar pessoas, instituições e negócios por meio de soluções postais e logística acessíveis, confiáveis e competitivas.

Você > Avisos > Orientação a clientes sobre fraudes envolvendo postagens internacionais

Orientação a clientes sobre fraudes envolvendo postagens internacionais

Os Correios têm recebido reclamações de Clientes (remetentes no Brasil) que relatam duas situações que ocorrem após a postagem da remessa internacional:

(1) Compra pelo destinatário no exterior de uma mercadoria no Brasil, cujo pagamento não é efetivamente realizado (compra com cartão de crédito falso/roubado ou o valor é posteriormente estornado);

(2) Recebimento de e-mail informando um possível depósito em seu nome, o qual será liberado após a postagem de uma remessa para endereço no exterior e o envio do respectivo código de rastreamento.

Ao descobrirem que se trata de uma fraude, os remetentes entram em contato com os Correios para solicitar a devolução de sua remessa. No entanto, muitas vezes a encomenda já está no exterior e/ou não é mais possível recuperá-la para devolução. Via de regra, os correios dos países de destino não têm como interromper o fluxo de entrega das remessas postais. Ademais, há custos a serem pagos pelo remetente quando há possibilidade de devolução da remessa.

Para minimizar esse tipo situação, orientamos os clientes que, nas suas postagens não habituais, certifiquem-se da idoneidade do destinatário (principalmente quando se tratar de uma relação de compra e venda) e/ou pesquisem sobre o endereço de destino, para se assegurarem que não se trata de fraudes, como as relatadas acima.

Vários sites na Internet têm informações adicionais sobre esse tipo de fraude e podem ajudar os remetentes a se precaverem.

Você > Notícias > Evento reúne operadores postais e do setor de comunicações de Língua Portuguesa em Brasília

Evento reúne operadores postais e do setor de comunicações de Língua Portuguesa em Brasília

Brasília, 10/5/2017 - Nos dias 11 e 12 de maio, Brasília sediará a Assembleia Geral Anual e o XXV Fórum AICEP das Comunicações Lusófonas 2017, organizados pela Associação Internacional das Comunicações de Expressão Portuguesa (AICEP) em parceria com os Correios. O evento será realizado no Windsor Plaza Brasília Hotel e o tema deste ano será "O digital: dimensões, benefícios, oportunidades e riscos".

A assembleia vai reunir o presidente dos Correios, Guilherme Campos, e autoridades das empresas operadoras de comunicações (correios e encomendas, telecomunicações e conteúdo de televisão) e dos órgãos reguladores do setor dos países membros da AICEP: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. O objetivo é discutir a influência digital no futuro da comunicação e da esfera postal.

“A transformação digital é uma realidade que ainda gera incertezas, mas é preciso correr riscos e aprender com eles para implementar uma nova cultura. A realização do evento permite esse intercâmbio de experiências, além de representar uma oportunidade de as empresas compreenderem a importância de se adequarem aos novos processos e adotarem as melhores tecnologias. Do contrário, não conseguirão se manter competitivas nos mercados em que atuam", avalia Campos.

O presidente dos Correios fará a abertura (11/5, às 14h) e o encerramento do XXV Fórum AICEP das Comunicações Lusófonas 2017 (12/5, às 12h30). Além dele, o superintendente-executivo da Vice-Presidência Corporativa da empresa, Vivalde Cunha Resende, participará do evento como orador do debate “Estado e tendências das comunicações lusófonas” (12/5, às 10h30).

Você > Notícias > Paralisação de empregados dos Correios chega ao fim em todo o Brasil

Paralisação de empregados dos Correios chega ao fim em todo o Brasil

Brasília, 9/5/2017 - Os Correios estão funcionando com normalidade em todo o Brasil. Levantamento realizado nesta terça-feira (9) mostra que 99,85% do total de empregados dos Correios está trabalhando.

Desde o início da paralisação, os Correios colocaram em prática um plano de continuidade de negócios, estabelecendo ações de contingência para amenizar eventuais impactos à população. Entre as medidas estão o deslocamento de empregados administrativos para auxiliar na operação, contratação de mão de obra temporária e realização de mutirões nos fins de semana.

Na maioria das localidades, a carga em atraso deve ser normalizada ainda esta semana. Nos Estados onde ainda houver carga represada, as ações contingenciais continuarão a ser adotadas até que as entregas sejam normalizadas.