Você > Compilador de notícias (Não excluir)

Compilador de notícias (Não excluir)

Relação das últimas notícias
Você > Notícias > Correios recebe sugestões para emissão de selos

Correios recebe sugestões para emissão de selos

Brasília, 29/9/2016 - Os Correios recebem, até 30 de novembro, sugestões de temas para os selos que serão emitidos em 2018 e 2019.  As propostas que estiverem de acordo com os critérios definidos pela portaria 500/2005 do então Ministério das Comunicações serão encaminhadas à Comissão Filatélica Nacional, que definirá aquelas que serão transformadas em selos.

Desde 2000, quando foi lançado o programa “Sua ideia pode virar selo”, os Correios têm recebido, em média, 1.300 sugestões por ano, a maioria delas destacando personalidades e datas comemorativas. Além desses, temas como cultura popular, fauna, flora, meio ambiente e turismo também podem ser sugeridos.

Participação – População em geral, representantes de instituições e de órgãos governamentais e interessados em participar do programa devem preencher o cadastro, disponível no site dos Correios, clicando no banner “Sua ideia pode virar selo”. A proposta, acompanhada pelos argumentos defendendo a importância da emissão pretendida, pode também ser enviada por carta para a Gerência de Filatelia dos Correios, no seguinte endereço: Setor Comercial Sul, Quadra 4, Bloco A, nº 256, CEP 70304-915, Brasília/DF.

Você > Avisos > Restrição de postagem do smartphone Samsung modelo Galaxy Note 7

Restrição de postagem do smartphone Samsung modelo Galaxy Note 7

Informamos que, em decorrência do recall anunciado pela Samsung para o smartphone modelo Galaxy Note 7, a ANAC emitiu comunicado informando da restrição do seu transporte aéreo.

Desta forma, as encomendas contendo aparelhos smartphone Samsung modelo Galaxy Note 7 não serão aceitas para postagem por SEDEX, e-SEDEX, SEDEX Hoje, SEDEX 10 e SEDEX 12. A postagem será aceita somente pelo serviço PAC, desde que a bateria esteja acoplada ao aparelho.

Você > Notícias > Correios entrega urnas para as eleições municipais 2016

Correios entrega urnas para as eleições municipais 2016

Brasília, 27/9/2016 - Mais de 144 milhões de brasileiros irão às urnas no próximo domingo (2) para escolha de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Mas antes das eleições municipais começarem, os Correios entregam, esta semana, mais de 150 mil urnas em quatro diferentes regiões do país. Os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) de nove estados contarão com a logística integrada da empresa, que realiza este serviço desde 1988. Só na Bahia, serão transportadas cerca de 40 mil urnas, considerando os dois turnos*. Os outros estados onde haverá distribuição e coleta das urnas são: São Paulo, Rio de Janeiro, Alagoas, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Paraná e Rio Grande do Norte.

Além da armazenagem, transporte e entrega de urnas eletrônicas – operações customizadas de acordo com as necessidades de cada TRE -, os Correios transportam ainda o material de apoio do processo eleitoral, como mesas e equipamentos, e realizam a coleta dos objetos ao final da votação, com a entrega das mídias com o mapa da urna aos Tribunais Regionais Eleitorais.

Outras soluções oferecidas aos TREs são os serviços de mensagem, para convocação de mesários, e o Vale Postal Eletrônico para pagamento dessas pessoas que vão trabalhar durante as eleições.

Propaganda — Já aos partidos e candidatos, a empresa oferece os serviços de Mala Direta para propaganda eleitoral, que podem ser de três tipos: Domiciliária (prevê a entrega em áreas específicas, escolhidas pelos clientes, sem endereçamento), Básica (entregue mediante endereçamento) e Especial (entregue mediante endereçamento, com direito a devolução eletrônica ou física).

Orientações sobre produtos e serviços dos Correios adequados à legislação eleitoral podem ser encontrados no hotsite eleições, no endereço www.correios.com.br/eleicoes. A página traz orientações de como divulgar propostas, conhecer a opinião dos eleitores e enviar materiais e documentos sobre a campanha. Os interessados também podem consultar CEPs, tarifas, prazos e contatos comerciais, além do resumo da legislação e calendário eleitoral.

*Informação atualizada em 29/9/2016     

Você > Notícias > Serviço e-carta dos Correios cresce 160% em 2016

Serviço e-carta dos Correios cresce 160% em 2016

Brasília, 26/9/2016 - Criado para atender às necessidades de empresas privadas e órgãos públicos na produção e distribuição de documentos oficiais que exigem sigilo de conteúdo e comprovação de entrega, o serviço e-carta dos Correios cresceu 160% até agosto deste ano, em um comparativo com o mesmo período de 2015.

No total, de janeiro a agosto de 2016, 19 contratos renderam à empresa R$ 20 milhões. Do crescimento do serviço, é possível destacar o desempenho de três grandes clientes: Departamento de Trânsito do Rio de Janeiro (Detran-RJ), Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) e Tribunal Regional do Trabalho da 9º Região no Paraná (TRT-9), que evoluíram o volume contratado em 75%, 145% e mais de 200%, respectivamente.

Foram celebrados também novos contratos com os Detrans de Mato Grosso, Piauí e Amapá, com os tribunais de Contas do Piauí e de Santa Catarina, além da Secretaria de Fazenda da Bahia, da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Teresina, do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª região (Mato Grosso) e da Cooperativa Odontológica Uniodonto (Amapá).

Expansão – Além dos centros operacionais para processamento do serviço em Brasília e Florianópolis, em 2015 foram inauguradas mais duas unidades, em Belo Horizonte e São Paulo. Mais informações sobre o e-carta podem ser obtidas no site dos Correios.

Você > Notícias > Selos destacam a mobilidade sustentável

Selos destacam a mobilidade sustentável

Brasília, 22/9/2016 - Nesta quinta-feira (22), Dia Mundial sem Carro, os Correios colocam em circulação dois selos, em forma de se-tenant (conjunto cujas imagens se complementam), que têm como tema a mobilidade urbana sustentável.

O primeiro selo destaca o VLT (veículo leve sobre trilhos), que representa o transporte coletivo sobre trilhos, e outras formas de locomoção. Mostra, ainda, vias que permitem o fácil deslocamento de cadeirantes e pessoas com dificuldade motora.

No segundo selo, aparecem carros e ciclistas parando na faixa de pedestre, numa demonstração de respeito às pessoas. Ao fundo, pessoas se locomovem em vias sinalizadas, com placas e pisos táteis.

A técnica utilizada para a produção dos selos foi a computação gráfica. Os selos podem ser adquiridos nas agências dos Correios, na loja virtual (www.correios.com.br/correiosonline) e na Central de Vendas a Distância (centralvendas@correios.com.br).

 

Mobilidade - O conceito de mobilidade sustentável tem como fundamento a melhoria do transporte público, o que contribui para a redução do uso de carros e, também, para diminuir os níveis de poluição do ar.  O objetivo da mobilidade sustentável é oferecer aos usuários serviços mais humanizados, com custos reduzidos e trajetos menores e mais confortáveis.

No Dia Mundial sem Carro, os principais movimentos de mobilidade urbana desenvolvem atividades para informar a população sobre as diversas alternativas de locomoção nas cidades.

Você > Notícias > Correios e federações de trabalhadores assinam acordo coletivo

Correios e federações de trabalhadores assinam acordo coletivo

Brasília, 20/9/2016 - Os Correios e as federações representantes dos trabalhadores assinaram nesta terça-feira (20), em Brasília, o acordo coletivo de trabalho 2016/2017, que prevê, entre outros benefícios aos empregados, reajuste de 9%, a ser concedido nos percentuais de 6%, em agosto de 2016, e 3%, em fevereiro de 2017; reajuste nos benefícios em 8,74%; e a manutenção das demais cláusulas dos acordos anteriores, inclusive a que trata do plano de saúde.

O presidente dos Correios, Guilherme Campos, ressaltou que o acordo firmado foi fruto do esforço coletivo das representações da empresa e dos trabalhadores. “Mantivemos toda a disposição para uma negociação que beneficiasse a todos, sem a necessidade de recorrer a qualquer mediação externa. Agora, precisamos continuar dialogando para tirar a empresa do vermelho”, afirmou o dirigente.

Na última semana, após apresentação da proposta da empresa, houve paralisação parcial dos trabalhadores de, no máximo, dois dias, em algumas regiões do país, mas o índice de adesão foi de menos de 1%. Durante esse período, os Correios funcionaram normalmente, com todas as agências abertas e todos os serviços disponíveis.

Você > Notícias > Clientes elegem Correios uma das 15 melhores empresas do Brasil

Clientes elegem Correios uma das 15 melhores empresas do Brasil

Brasília, 20/9/2016 - Os Correios foram eleitos uma das 15 melhores empresas do segmento de Serviços em 2016. A pesquisa foi realizada pelo instituto MESC -  Melhores Empresas em Satisfação do Cliente.

A coleta de dados ocorreu entre janeiro de 2014 e março de 2016. Ao todo, foram ouvidos 18.245 clientes que responderam a um questionário composto por 30 afirmativas e duas questões abertas.

A metodologia seguida foi do Pentagrama da Satisfação do Cliente®, que engloba e amplia as principais metodologias para obter o índice de satisfação do cliente no mundo, entre elas o NPS (Net Promoter Score), o índice ACSI, BCSI e todas as diretivas das ISO 9001, 9004 e 10002.

Confiança - Em agosto, os Correios também foram eleitos, pela 14ª vez consecutiva, a instituição mais confiável do Brasil. O Prêmio Marcas de Confiança 2016, concedido pela revista Seleções, também apontou os Correios como a segunda marca mais confiável dos brasileiros.

Você > Notícias > Três Estados encerram paralisação nos Correios e adesão cai para menos de 1%

Três Estados encerram paralisação nos Correios e adesão cai para menos de 1%

Brasília, 16/9/2016 - Três Estados que haviam aderido ao movimento de paralisação parcial nos Correios nessa quinta-feira (15) voltaram à normalidade: Ceará, Piauí e Santa Catarina. A paralisação agora está restrita a algumas regiões de apenas três Estados: Rio Grande do Sul (exceto Santa Maria onde não houve adesão ao movimento), Minas Gerais (apenas região da Grande Belo Horizonte) e Sergipe, e reúne 1070 empregados — ou seja, 99,08% do efetivo dos Correios estão trabalhando normalmente. Esse número é apurado por meio de sistema eletrônico de presença.

A paralisação parcial não afeta o atendimento à população. Todas as agências estão abertas e os serviços, inclusive a entrega de Sedex e o Banco Postal, estão disponíveis.

Nas localidades onde a paralisação persiste, os Correios já estão aplicando o Plano de Continuidade de Negócios, que inclui ações como realização de horas extras e mutirões, apoio de trabalhadores da área administrativa e realocação de funcionários.

O acordo coletivo de trabalho deve ser assinado pelos sindicatos no início da próxima semana. A proposta dos Correios prevê, entre outras melhorias aos trabalhadores, reajuste de 9%, a ser concedido nos percentuais de 6%, em agosto de 2016, e 3%, em fevereiro de 2017; reajuste nos benefícios em 8,74%; e a manutenção das demais cláusulas do ACT 2015/2016, inclusive a que trata do plano de saúde.

 

 

Você > Notícias > Correios apresenta serviço de logística integrada com foco em MPEs

Correios apresenta serviço de logística integrada com foco em MPEs

Brasília, 15/9/2016 - Nesta quinta-feira (15), Dia do Cliente, os Correios apresentaram um novo serviço de logística, voltado ao comércio eletrônico e com foco nas micro e pequenas empresas (MPEs): a solução de logística integrada (e-fulfillment), que suporta operações completas na armazenagem, atendimento de pedidos, separação, embalagem, integração com transporte/distribuição e logística reversa.

A apresentação do serviço foi realizada pelo presidente dos Correios, Guilherme Campos, e pelo vice-presidente de Logística da estatal, José Furian Filho, durante a coletiva de imprensa sobre a Black Friday Legal 2016, em São Paulo (SP), em uma ação que envolveu, além da empresa, a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Braspag.

Com a consolidação das operações de pequenas e médias lojas virtuais que, de acordo com dados do SEBRAE representam 90% das empresas que vendem exclusivamente pela Internet, o e-fulfillment prevê uma redução média de 47% nos custos logísticos no e-commerce.

O presidente dos Correios, Guilherme Campos, lembrou que a empresa realiza logística desde o seu nascimento, há 353 anos. “Nossa presença, que nos coloca em todas as cidades do país, vem se transformando. O mesmo mundo que tira dos Correios o mercado postal, em declínio, permite aos Correios ampliar sua presença no comércio eletrônico”, afirmou.

O vice-presidente de Logística, José Furian Filho, explicou que o novo serviço possibilita o acesso dos proprietários de micro e pequenas empresas à cadeia logística com um custo reduzido, dando-lhes oportunidade para que foquem energia e recursos nas vendas. “Assim, as chances de essas MPEs crescerem são muito maiores. Isso é uma política de governo, que tem feito grandes esforços para fomentar o segmento, e os Correios, como uma empresa pública, têm essa preocupação também”, disse.

Simplificação — Os produtos poderão ser enviados para destinos nacionais e internacionais, incentivando as exportação pelas MPEs devido à simplificação do processo. A vantagem do modelo é que o empresário não precisa se preocupar com o espaço para armazenagem dos produtos e preparação dos pedidos. Os principais ganhos estão na simplicidade de precificação, por item armazenado e pedido atendido, na redução dos custos fixos logísticos e na celeridade operacional em retirar um produto do estoque e despachar no mesmo dia para entrega. Com isso, além de manterem o foco nas suas atividades-fim, as lojas conseguem atender com escalabilidade as vendas em períodos de grandes demandas em datas especiais, como Black Friday, Natal, Dia das Mães etc. Mais informações sobre o serviço podem ser obtidas no site dos Correios, no endereço www.correios.com.br/ecommercecorreioslog

Infraestrutura — O armazém logístico da empresa em Cajamar (SP) possui 72 mil m² de área total, pé direto livre de 12 metros e 18 mil posições de armazenagem. Com um investimento de R$ 5,5 milhões, os Correios adquiriram licenças de uso permanente de software integrado de gerenciamento de armazéns para operadores logísticos, o Warehouse Management System (WMS). O sistema permite que os clientes tenham acesso ao que há de mais moderno na gestão de estoque e acompanhamento de pedidos on-line, rastreabilidade, cálculo de produtividade, giro de estoque e armazenagem inteligente.

Você > Notícias > Correios: agências estão abertas e todos os serviços estão disponíveis

Correios: agências estão abertas e todos os serviços estão disponíveis

Brasília, 15/9/2016 - Em decisão tomada nessa quarta-feira (14), 25 dos 36 sindicatos dos trabalhadores dos Correios aprovaram a proposta da empresa e decidiram pela não paralisação das atividades. Levantamento realizado nesta quinta-feira (15) mostra que 98,6% do efetivo da empresa não aderiram à paralisação — o que corresponde a 114.667 empregados, número apurado por meio de sistema eletrônico de presença. As agências estão abertas e os serviços, inclusive a entrega de Sedex e o Banco Postal, estão disponíveis.

Os sindicatos que aceitaram a proposta são: Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Tocantins, além das cidades de Santos (SP), Bauru (SP), Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), Juiz de Fora (MG), Uberaba (MG) e região metropolitana de São Paulo. Os sindicatos da Paraíba e dos municípios de Santa Maria (RS), São José do Rio Preto (SP) e Vale do Paraíba (SP) rejeitaram a proposta, mas não estão em greve.

Das bases sindicais que rejeitaram a proposta, apenas 6 optaram por entrar em greve: Ceará, Minas Gerais, Piauí, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Sergipe.

Nessas localidades, para garantir a manutenção da prestação dos serviços, os Correios já iniciaram plano de ações que consiste na realização de horas extras e mutirões, apoio de trabalhadores da área administrativa e realocação de empregados.

O acordo deve ser assinado pelos sindicatos no início da próxima semana. Entre as principais cláusulas, estão o reajuste de 9%, a ser concedido nos percentuais de 6%, em agosto de 2016, e 3%, em fevereiro de 2017; reajuste nos benefícios em 8,74%; e a manutenção das demais cláusulas do ACT 2015/2016, inclusive a que trata do plano de saúde.