Services

História do PAC

PAC: Prático, Acessível e Confiável


Os consumidores necessitam de alternativas econômicas, simples e seguras. No setor de encomendas, este serviço já existe, e foi criado pelos Correios em 2002. Desde então, todos os brasileiros podem contar com a Encomenda PAC para enviar mercadorias.

Os Correios, atentos às exigências do mercado e buscando expandir seu portfólio, lançaram em 20 de junho de 2002, o Serviço de Encomenda Econômica, conhecido como PAC.

Inicialmente, formatado para atender sua carteira de clientes com contrato, que procurava enviar suas encomendas, com até 30 kg, de forma segura e econômica, nas Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, o PAC se transformou em uma solução de qualidade também para as pessoas físicas. O prazo de entrega varia de acordo com os CEPs de origem e de destino, sendo um pouco maior do que o prazo das encomendas expressas.

O serviço de encomendas econômicas conquistou rapidamente o público-alvo devido à regularidade e confiabilidade na entrega, fechou o ano de 2002 com 450 contratos e 70 mil objetos captados.

Em 2003, foram realizados 1.358 contratos e captados 1,7 milhões de encomendas. Sucesso em pouco mais de 6 meses de operação.

A abrangência do PAC deixou de ser restrita a partir de 1º de junho de 2005 e alcançou cobertura nacional, obtendo 3,8 milhões de objetos postados, um aumento de 8,57%.

As encomendas PAC foram reformuladas em 2006. Consistiu no ajuste das tabelas de prazos e na adequação dos volumes, instituindo o fracionamento por quilo, o que antes era feito por faixas de pesos, a cada 5 kg; A entrega agrupada, que hoje permite aos clientes com contrato o limite de até 600 kg para remessa agrupada por nota fiscal em âmbito nacional; E a precificação por peso cúbico, que leva em consideração o volume do objeto. A reformulação gerou resultados, como o aumento do número de objetos distribuídos, que naquele ano, atingiu a marca de 7,8 milhões.

A partir de julho de 2007, a atuação da Encomenda PAC foi ampliada, contemplando o mercado varejista. A abertura do serviço para o segmento, fez com que, somente no segundo semestre daquele ano, fossem postados e distribuídos quase 9 milhões de encomendas. Ainda em 2007, o serviço adicional de Logística Reversa, incorpora comodidade e facilidade nos processos de pós-venda, auxiliando na devolução e trocas de mercadorias.

Em 2008, o PAC foi um dos grandes destaques entre os serviços dos Correios. Obteve o crescimento de aproximadamente 34% de receita em relação ao ano anterior e substituiu a Encomenda Normal, extinta naquele mesmo ano.

Desde sua criação, o PAC gerou uma receita de R$ 2,6 bilhões, sendo R$ 586 milhões somente em 2011, o que posiciona o serviço como líder do segmento no Brasil, ocupando o 4º lugar no ranking comercial dos Correios, dentro de uma gama de 50 produtos e serviços. O serviço PAC vem mantendo um ritmo de crescimento em torno de 20% ao ano, impulsionado pelo crescimento da economia brasileira e pela conquista de novos clientes.

Em 2012 ao completar 10 anos em operação, o PAC continua uma excelente alternativa para encomenda nacional. Pertencente à linha econômica, se mantém como preferência em um mercado altamente competitivo. Para enviar encomendas com baixo custo e confiança de prazo, o PAC é a melhor opção existente no mercado.

Verifique a cronologia do serviço de encomendas econômicas – PAC:


2002
Lançamento, em 20 de junho, do Serviço de Encomenda Econômica dos Correios – PAC, tendo como público-alvo o mercado corporativo, entregando remessas de até 30 kg nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

2003
O serviço distribuiu 1,7 milhões de encomendas, e efetivou 1.358 contratos.

2005
A partir de junho, o PAC passou a ter cobertura nacional, com isto movimentou 3,8 milhões de objetos no ano, um crescimento de mais de 8% do tráfego em relação a 2004.

2006
Com a reformulação neste ano, o serviço distribuiu 7,8 milhões de encomendas.

2007
O PAC foi aberto ao mercado varejista, em julho, chegando a movimentar 8,9 milhões de encomendas, somente no segundo semestre. Significa crescimento de 14% da receita do serviço no ano de 2007. Destaque, também, para a Logística Reversa, ferramenta de pós-venda, que atua nos processos de remessa em devolução de mercadorias, se tornando um diferencial para as empresas.

2008
As encomendas PAC obtiveram aproximadamente o crescimento de 34% da receita em relação ao ano anterior.

2010
As encomendas PAC alcançaram cerca 27 milhões de objetos distribuídos.

2012
O PAC completa 10 anos e continua uma excelente alternativa para encomenda nacional.