Selos

Estampilha postal destinada ao franqueamento de correspondências, podendo, também, ser objeto de colecionamento. Saiba mais sobre selos no Espaço da Filatelia


Disponibilidade do serviço:

Em todo o território nacional e internacional

Quem pode usar:

Pessoas físicas (pagamento à vista) e jurídicas (pagamento à vista ou a faturar).

Características

Tipos:

Bloco Comemorativo
Conjunto formado por um ou mais selos impressos em pequena folha que podem ser usados em separado ou no conjunto para o porte de correspondências ou colecionismo;

Cartela
que apresentam uma cobertura protetora sob a forma de cartela;

Quadra
Conjunto de quatro selos unidos pelo picote, sendo dois superiores e dois inferiores, emitidos na mesma data;

Selo Comemorativo
Selo postal, de tiragem limitada, referente à comemoração de datas e acontecimentos de destaque no segmento sociocultural, com repercussão nacional ou internacional;

Selo Especial
Selo postal não-comemorativo de tiragem limitada;

Selo Ordinário
Selo postal de tiragem ilimitada;

Selo Personalizado
É um conjunto composto por duas imagens distintas: um selo postal-base e uma imagem escolhida pelo cliente (fotografia de pessoas ou animais de estimação, marcas de empresas, produtos e serviços, sinais distintivos, personagens ou obras-de-arte próprias);

Selo Promocional
Selo postal destinado a estimular a divulgação de idéias, fatos ou campanhas específicas - em âmbito nacional e sem caráter comemorativo - idealizadas pelos Correios ou efetuadas em parceria com outras instituições;

Série
Conjunto de dois ou mais selos, emitidos de uma só vez ou em etapas sucessivas, com motivos variados sobre o mesmo tema;

Se-tenant
Conjunto de dois ou mais selos, picotados ou não, que apresentem desenhos contínuos. Para o colecionismo, estes selos não devem ser separados. A origem do nome vem do francês e significa “o que não se separa”;

Sextilha
Conjunto de seis selos unidos pelo picote.

Características dos selos postais brasileiros:

- Apresentam temas originais;
- Possuem elevada concepção artística;
- Apresentam beleza e harmonia de imagens;
- Adequam as imagens aos temas das emissões a que se referem;
- São impressos com técnicas aprimoradas;
- Estimulam a inovação filatélica com a emissão de selos com aroma, em formatos diversos (redondo, triangular, especiais e vernizes redondo etc.);
- Possuem aceitação nacional e internacional.

Como funciona

Quem pode sugerir temas para emissões de selos:

- Qualquer pessoa pode sugerir temas para emissões de selos. As propostas devem ser encaminhadas até o dia 1º de junho do ano anterior ao da emissão.  As sugestões recebidas serão analisadas pela Comissão Filatélica Nacional, da qual fazem parte - além de representantes dos Correios - membros da Federação Brasileira de Filatelia - FEBRAF, da Associação Brasileira de Comerciantes Filatélicos – ABCF e de vários ministérios, entre os quais os da Educação e o da Cultura. As propostas vão ser e consolidadas na Programação Filatélica Anual.
Como sugerir temas para as emissões de selos:

- Por carta endereçada ao:
  Departamento de Filatelia e Produtos
  Edifício Sede da ECT – 12º andar - Ala Sul
  70002-900 Brasília – DF

Pela Internet, no site dos Correios.

Critérios para a escolha dos selos e definição filatélica anual:
- Cada ano, para analisar as sugestões recebidas para emissões de selos para o ano seguinte.
- Com base na Norma 500/2005 do Ministério das Comunicações são analisadas todas as sugestões apresentadas, considerando, sobretudo, os seguintes critérios para os motivos:
- Prioridade para acontecimentos como centenário, sesquicentenário (150 anos), bicentenário etc. (datas redondas).
- Intervalo de pelo menos 50 anos antes de repetir uma comemoração já efetuada.
- Homenagens a pessoas deverão ocorrer, preferencialmente, no aniversário de nascimento.
- Pessoas vivas não poderão ser homenageadas em selos, exceto Chefes de Estado, atletas que obtiveram a 1ª colocação nos Jogos Olímpicos e ganhadores do Prêmio Nobel.
- Não devem ser emitidos selos em homenagem a instituições de caráter privado, político, religioso, empresas comerciais ou industriais.
- Emissões de temática religiosa serão criteriosamente analisadas, levando em conta a abrangência e a repercussão dos fatos a que se referirem.
- Aniversários de cidades estarão sujeitas a análise especial, considerando sua importância histórico-cultural.
- Os temas devem ser abrangentes e de possível repercussão nos mercados nacional e internacional.
- Temas inéditos terão preferência.

As emissões comemorativas e especiais deverão ser alusivas a:
- Eventos culturais, artísticos, científicos, históricos e religiosos, de repercussão nacional e mundial;
- Congressos, conferências e reuniões de interesse internacional, compatíveis com as normas em vigor;
- Divulgação de ações governamentais;
- Homenagem a personalidades e vultos pátrios já falecidos;
- Homenagem a Chefes de Estado;
- Divulgação de competições esportivas marcantes;
- Promoção do Turismo Nacional;
- Valores da cidadania, dos direitos humanos, da solidariedade e de assuntos relacionados ao bem-estar da humanidade;
- Assuntos relacionados à preservação do meio ambiente, da fauna e da flora em extinção, das reservas ecológicas nacionais e a ações preservacionistas.

Quem aprova a programação filatélica anual:

Após analisar as propostas recebidas, a Comissão Filatélica Nacional encaminha proposta de programação Filatélica Anual para ser aprovada pelos Correios;
Os Correios aprovam a proposta elaborada pela Comissão Filatélica Nacional, definem as características técnicas de cada emissão (data, tiragem, número e forma de apresentação dos selos, local de lançamento, valor etc.) e encaminham a proposta para homologação do Ministério das Comunicações;
O Ministério das Comunicações aprova a programação e os Correios iniciam a produção dos selos.

Local de produção de selos:

Os selos brasileiros são produzidos pela Casa da Moeda do Brasil, que se localiza na cidade do Rio de Janeiro/RJ.

Quantos selos fazem parte da programação anual:

A Programação Filatélica Anual é composta por, no máximo, 15 emissões de selos comemorativos e especiais.
Cada emissão pode ter um ou mais selos, em diferentes formas de apresentação, de acordo com a definição dos detalhes técnicos aprovada para cada emissão.

A quantidade de emissões de selos ordinários (comuns) obedece às necessidades operacionais, como o porteamento de correspondências, e não está incluída no limite acima, restrito a selos comemorativos e especiais.

Por que usar este serviço?

- Podem ser utilizados para franquear correspondências ou como elementos de coleções filatélicas;
- Auxiliam na divulgação de aspectos da cultura nacional;
- Contribuem para o estabelecimento de intercâmbio entre pessoas e agremiações filatélicas.

Onde comprar:

- Em todas as Agências Filatélicas e com Guichê Filatélico;
- Na loja virtual dos Correios;
- Na Agência de Correios de Vendas à Distância (Avenida Presidente Vargas, 3077 – 23º andar, CEP 20210 - 973 – Rio de Janeiro – RJ).

Quanto custa:

Veja o preço dos selos na loja virtual dos Correios.

Como pagar:

  • Dinheiro em espécie;
  • Cartão de crédito;
  • Cartão de débito;
  • Cheque da própria praça e do próprio interessado, nominativo à ECT ou à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.  Conheça as condições para pagamento com cheque. Link para (http://www.correios.com.br/precosPrazos/pagamentoCheque.cfm)
  • A faturar

Fatura mensal somente para clientes pessoa jurídica, mediante contrato a ser firmado nas Gerências Comerciais de cada estado.

Na loja eletrônica dos correios

  • Boleto bancário;
  • Cartão de crédito;
  • Cartão de postagem dos Correios (apenas para clientes pessoa jurídica mediante contrato)

Os Correios emitem Editais Filatélicos (link para http://blog.correios.com.br/filatelia/emissoes/seloseditais_correios/) para tornar públicos e oficializar os lançamentos de selos; 
Pertencem aos Correios à propriedade e os direitos de reprodução de todos os modelos de selos de suas emissões, inclusive as artes-finais, que compõem o acervo da empresa; 
Toda e qualquer reprodução de selos postais só poderá ser efetivada com a autorização expressa dos Correios.