Notícias > Sustentabilidade dos Correios é reconhecida internacionalmente

Sustentabilidade dos Correios é reconhecida internacionalmente

Brasília, 5/6/2020 - Ser uma empresa socialmente responsável, economicamente viável e ambientalmente correta. Essa é a base da Política de Sustentabilidade dos Correios, que integra as dimensões social, ambiental e econômica nos negócios e em toda a cadeia de valor da empresa. Neste 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, a estatal destaca as principais ações que realiza para evitar desperdícios, minimizar os impactos ambientais das suas atividades e ser mais competitiva no mercado concorrencial.

Entre as boas práticas, a gestão das emissões dos gases do efeito estufa, realizada desde 2013, merece destaque. Ano a ano, os Correios reduzem de forma expressiva a liberação de gás carbônico na atmosfera. Segundo dados do último Inventário Corporativo de Emissão de Gás Carbônico da empresa, em 2019 houve redução de 33,5% das emissões de CO₂, em comparação ao ano-base de 2013. Na soma dos últimos seis anos, os Correios deixaram de lançar na atmosfera mais de 180 toneladas de carbono. Além de proteger o planeta e o meio ambiente, esse desempenho também gera valor a títulos comercializados por empresas que participam do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE B3) da bolsa de valores e que utilizam os serviços dos Correios.

As principais medidas que contribuíram para a diminuição da emissão de CO2 nos Correios foram a diminuição do consumo de combustível, por meio da renovação da frota e otimização do uso de voos pela empresa, além da substituição de viagens a negócios por videoconferências.

Pela qualidade e abrangência dos dados da empresa sobre emissões de carbono, os Correios receberam um certificado de reconhecimento da União Postal Universal (UPU), em Berna, na Suíça. Em fevereiro deste ano, o vice-diretor Geral da UPU, também enviou ainda uma carta parabenizando os Correios pelos resultados e pelo exemplo que dão à comunidade postal mundial, “enquanto empresa responsável e importante para o desenvolvimento sustentável”.

A estatal também se encontra entre as melhores utilizadoras mundiais do programa Oscar, ferramenta online do setor postal que permite gerir recursos, controlar emissões de gases de efeito estufa e identificar medidas de redução.

Ações socioambientais

Desde 2013, os Correios realizam o programa Ecopostal, que consiste na doação de camisas de carteiros, malas e malotes inservíveis à empresa, mas em bom estado para serem transformados em outros objetos. Ao reaproveitar os tecidos – evitando a incineração dos itens –, a ação reduz impactos ambientais e ainda promove inclusão social e geração de renda.

Em recente parceria com o Ecopostal, o programa Pátria Voluntária e o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) estão destinando tecidos para confecção de máscaras e outros produtos que ajudarão no combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Os objetos serão entregues, gratuitamente, às pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Os Correios também adotam a coleta seletiva solidária, que destina resíduos como papel, papelão e plásticos a cooperativas de catadores de materiais recicláveis. Atualmente, a ação é realizada em unidades dos Correios em mais de 50 cidades e municípios do país, beneficiando 807 associações.
Além disso, 100% das caixas de encomendas e envelopes comercializados nas agências da empresa possuem a certificação Forest Stewardship Council (FSC), do Programa Brasileiro de Certificação Florestal que asseguram a exploração sustentável das florestas.

Serviços ecoeficientes

Para cuidar das gerações futuras, os Correios buscam integrar os aspectos social, ambiental e econômico em tudo que fazem. Isso inclui oferecer produtos e serviços que aliam inovação tecnológica e eficiência à redução de impactos ambientais.

Conheça alguns dos serviços ecoeficientes dos Correios:
• e-Carta: serviço que oferece postagem eletrônica, impressão de objeto e entrega em domicílio. A impressão é feita em papel de fonte renovável, manipulada de forma ambientalmente responsável.
Com o encurtamento da distância a ser percorrida para transportar o objeto, a solução promove ainda a redução de emissão de CO2;
• Pagamento e Envio de Comunicados: funcionalidade do e-Carta voltada a órgãos do judiciário que viabiliza o recebimento de documentos, por meio eletrônico, e entrega física o mais próximo possível do endereço, por meio da integração à cadeia logística dos Correios;
• Mala Direta Especial: para evitar a postagem de objetos com CEPs inválidos ou mal endereçados, o serviço realiza a validação direta do CEP ao receber o arquivo eletrônico. O arquivo de CEPs incorretos é devolvido ao cliente para que ele atualize sua base de dados. Assim, são evitados devoluções e deslocamentos desnecessários.