Notícias > Correios apresenta iniciativas sustentáveis em seminário internacional

Correios apresenta iniciativas sustentáveis em seminário internacional

Brasília, 29/10/2020 - Na manhã desta quinta-feira (29), os Correios participaram do IX Seminário Internacional Frotas e Fretes Verdes 2020. O evento fomenta o debate sobre eficiência energética, econômica e ambiental no transporte de cargas e passageiros, e este ano foi realizado de forma virtual por conta pandemia de Covid-19. Na oportunidade, a estatal apresentou iniciativas que tem realizado em prol do meio ambiente e da sustentabilidade do planeta.

Representando o presidente dos Correios, Floriano Peixoto, o diretor de Operações, Carlos Henrique de Luca Ribeiro, citou as ações da empresa para diminuir a emissão de gases poluentes, como o uso de bicicletas elétricas, que ainda otimiza o percurso realizado pelo carteiro. Segundo o diretor, a estatal também está em fase de estudos avançados sobre o uso de carros elétricos.

O lançamento do primeiro locker dos Correios, realizado nesta terça-feira (27), também foi ressaltado pelo dirigente. Os armários inteligentes, além de aumentarem a eficiência das entregas, também contribuem para a economia de recursos, reduzindo o fluxo de veículos e a poluição nas cidades. “O locker instalado em Brasília, na cidade do Paranoá, foi uma maneira de incluir os moradores dessa região, que não contavam com agência dos Correios no ciclo logístico”, afirmou Ribeiro.

Também participaram do Frotas e Fretes Verdes 2020 Jussara Ribeiro, presidente do Instituto BESC de Humanidades e Economia; Ricardo Chuahy, diretor da RISC Práticas em Negócios e conselheiro do BESC; e Marcos Sérgio de Oliveira, presidente CEO da iochpe-Maxion, responsável pela apresentação central feita durante o seminário.

Frotas e Fretes Verdes 2020 – O seminário aborda a questão da logística de transportes no país e tem o seguinte público alvo: empresários e representantes de instituições públicas, agentes reguladores e operadores de mercado, como embarcadores, frotistas, montadoras de veículos, fabricantes e distribuidores de combustíveis, dentre outros. A principal discussão se deu em torno do desafio de como transportar mais, gastando menos recursos – tempo, combustível, pneus – de maneira mais eficiente e menos poluente.

Além da perspectiva econômica, o seminário possui um viés voltado à sustentabilidade, uma vez que haverá a avaliação do emprego de novos métodos na logística de transportes, alinhando a redução de custos à diminuição das emissões de gases ambientalmente nocivos.