Centro Cultural São Paulo

Banner Centro Cultural São Paulo - Desktop
Banner Centro Cultural São Paulo - Mobile
  Visitação

Centro Cultural Correios São Paulo
Praça Pedro Lessa, s/n - Vale do Anhangabaú, Centro, São Paulo - SP
CEP: 01031-970
Telefone: (11) 2102-3691
SPM - Centro Cultural Correios - Caixa Postal
e-mail: centroculturalsp@correios.com.br

Funcionamento: O Centro Cultural Correios São Paulo recebe visitantes de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h. Entrada franca

Como chegar: Metrô - Estação São Bento, saída para o Vale do Anhangabaú.
Automóveis - Embarque e desembarque são liberados no calçadão, o acesso é pela Rua Capitão Salomão. Há estacionamentos públicos em torno do CCC.

Acessibilidade: Rota acessível. Elevador e banheiro adaptados.

Acesse aqui a planta baixa do Centro Cultural de São Paulo.

O prédio

O Centro Cultural Correios de São Paulo ocupa um grande terreno no Vale do Anhangabaú, coração do centro antigo da cidade. Com 15 mil m² de área construída, sua construção se iniciou em 1919 e a inauguração ocorreu três anos depois. Tornou-se um ponto marcante na paisagem urbana da capital Paulista e fez com que a Praça Pedro Lessa ficasse mais conhecida como "Praça do Correio" do que pelo seu nome original.

Foto da Fachada do Centro Cultural

 

Foto da fachada do centro cultural

Fomentando cultura

Inaugurado em 2013, fomenta atividades culturais nos campos das artes visuais, humanidades e música. A agenda é diversificada, durante todo o ano, com o intuito de atingir e atender aos diferentes gostos. O público tem a oportunidade de prestigiar, gratuitamente, artistas em início de carreira como também os renomados, que procuram inserir seus trabalhos em um local que une credibilidade e reconhecimento da sociedade.

 

Beleza em arquitetura

O edifício restaurado e reformado abriga em suas instalações a Agência Central de São Paulo e o Centro Cultural Correios. O espaço destinado ao Centro conta com uma área de 1.280m², com duas salas para exposições e o saguão central.

Foto da fachada do Centro Cultural de São Paulo
  Acesse aqui a planta baixa do Centro Cultural de São Paulo

Programação

  Exposições: “Hanko” e “Na fissura do tempo”
Hanko

Serviço:

Local: Centro Cultural Correios SP
Endereço: Praça Pedro Lessa, s/n – Vale do Anhangabaú, Centro, São Paulo – SP.
Visitação: de 27 de Julho a 24 de Setembro
Horário: segunda a sexta-feira, das 10h às 17h
Entrada gratuita / Classificação: Livre
Como chegar: Metrô - Estação São Bento, saída para o Vale do Anhangabaú.
Informações: (11) 2102-3691 / E-mail: centroculturalsp@correios.com.br

Laerte Ramos e Thiago Toes apresentam panorama de suas carreiras em exposições no Centro Cultural Correios São Paulo
Mostras individuais dos dois artistas exibem pinturas, esculturas e intervenções nas salas do espaço.

O Centro Cultural Correios São Paulo recebe, a partir do dia 27 de julho, duas exposições de artistas contemporâneos: “Hanko”, de Laerte Ramos, e “Na fissura do tempo”, de Thiago Toes. Com suportes e temáticas diferentes, os dois artistas têm em comum o diálogo com elementos urbanos.

Em “Hanko”, Laerte Ramos apresenta obras em diferentes linguagens, como serigrafia, pintura e escultura. O nome da exposição é o trabalho de uma série de 51 gravuras com inspiração nipônica, influência do período em que o artista teve um ateliê no bairro da Liberdade, em São Paulo.

Hanko é o pequeno carimbo personalizado que os japoneses usam para assinar documentos e contratos importantes, no lugar de assinaturas à mão. Similarmente, as serigrafias do artista contêm pequenos símbolos vermelhos no canto inferior das folhas de papel. No lugar dos ideogramas japoneses, Laerte coloca imagens de seu universo artístico, como tanques, personagens de desenho animado, brinquedos e símbolos relacionados ao boxe e às artes marciais.

Muitas das imagens observadas em “Hanko” partem de obras de séries anteriores, também expostas no espaço. Há obras em materiais diversos como feltro, chumbo, mármore, porcelana e cimento. Segundo o artista, os trabalhos foram influenciados pela serigrafia.

Na sala ao lado, o artista Thiago Toes apresenta “Na fissura do tempo”, onde exibe um panorama dos últimos três anos de sua produção, com desenhos, esculturas, pinturas e uma intervenção pensada especialmente para o local. Misturando autobiografia e ficção, o artista investiga temas como a passagem do tempo, as origens do universo e a História ocidental.

Entre as obras há seis telas de grande formato, que incluem simbologias da filosofia, do tarô e da mitologia, presentes em vários trabalhos recentes do artista. Sua carreira artística ocorreu no graffiti e se reflete na série de balaclavas espalhadas pelo espaço. O acessório, espécie de touca que cobre cabeça e pescoço, deixando apenas os olhos visíveis, é comumente usado por artistas urbanos para proteger sua identidade.

O prédio histórico do Centro Cultural Correios fica no Vale do Anhangabaú e foi recentemente reformado como parte de uma série de ações para a revitalização do Centro da cidade. A entrada é gratuita, possui acesso para pessoas com deficiência e o uso de máscara é obrigatório. Também há limitação na quantidade de visitantes nas salas expositivas.

Na Fissura do Tempo

Obras apresentadas em "Na fissura do tempo"

 Exposição: Meire Lopes e a Arte Naif

Diretamente de Embu das Artes, estância turística localizada a apenas meia hora da capital paulista, a artista plástica Meire Lopes desembarca no Centro Cultural Correios São Paulo, incrustado no Vale do Anhangabaú, região central da cidade, apresentando dezenas de telas com a temática da arte naïf, em todo seu esplendor ingênuo e colorido.

Sob a curadoria do jornalista Maurício Coutinho, produção de Mara Porto, consultoria de Mário Ramos, revisão de J Ivo Brasil, apoio cultural da Sincoplastic Embalagens Flexíveis e concessão de espaço dos Correios, a mostra cultural “Meire Lopes e a Arte Naïf” tem visitação gratuita no período de 20 de maio a 23 de julho de 2021.

Nascida em 28 de agosto de 1966, em Presidente Epitácio, interior de São Paulo, Meire Lopes é formada em letras e há 25 anos leciona língua portuguesa na rede estadual de ensino. Há 30 anos teve seu primeiro contato com a arte, mas por motivos outros a desmotivação a desviou do sonho promissor. Como acontece na vida de muitos, um toque de mágica pode tudo mudar, com a Meire Lopes não foi diferente.

Ao fixar residência em Embu das Artes no início dos anos 2000, o antigo sonho de artista começava a se tornar realidade. Renascia a inspiração e ao mesmo tempo, nascia uma competente artista para se juntar a tantos outros que construíram a bela história artística e cultural da cidade. Hoje, Meire Lopes é uma respeitada artista naïf, que tem suas telas espalhadas pelo Brasil e pelo mundo afora.

“A arte naïf está em minha vida comparada à visão de uma criança”, adianta a artista plástica que prossegue, “a simplicidade e sua ingenuidade me inspiram a viver a magia do cotidiano e estar mais próxima da natureza, despreocupada com regras. É uma grande festa aos olhos e à alma de quem mergulha na beleza das cores e desliza pela inocência dos traços suaves dos pincéis.

“Tive a honra de ser contemplada com essa Mostra Cultural no Centro Cultural Correios, no Anhangabaú, e imediatamente pude ver a importante oportunidade em contribuir, culturalmente, levando às pessoas conhecimento e reflexões sobre a diversidade histórica e artística de Embu das Artes, através da minha arte”, conclui Meire Lopes, considerada umas das expoentes desse segmento no Brasil.

Serviço:
Mostra cultural “Meire Lopes e a Arte Naïf”
Local: Centro Cultural Correios São Paulo
Endereço: Praça Pedro Lessa, s/nº, Vale do Anhangabaú, Centro, São Paulo – SP
Horário: de segunda a sexta das 10h às 17h
Período: De 20 de maio a 23 de julho de 2021
Entrada gratuita
Classificação: Livre

Acesso para pessoas com deficiência
Informações: (11) 2102-3691
e-mail: centroculturalsp@correios.com.br
Como chegar: Metrô - Estação São Bento, saída para o Vale do Anhangabaú

Curadoria: Maurício Coutinho
Produção: Mara Porto
Consultoria: Mário Ramos
Revisão: J.Ivo Brasil
Apoio cultural: Sincoplastic Embalagens Flexíveis
Concessão de espaço: Correios