Services
Sobre Correios > Sustentabilidade > Vertente ambiental > Gestão de Resíduos Sólidos

Gestão de Resíduos Sólidos

A gestão de resíduos sólidos é uma exigência da Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010) e do Decreto nº 5.940/06. Nos Correios, em 2002, foi implantada a coleta seletiva de lixo e, em 2008, a coleta seletiva solidária. Os Correios se destacam na administração pública federal por sua experiência. Veja as principais ações implantadas:

Coleta Seletiva

Interna: Ação que promove a separação dos resíduos recicláveis descartados (papel, vidro, plástico, metal) nas atividades postais e a sua destinação às associações/cooperativas de catadores de materiais recicláveis. O programa gera redução de impacto ambiental e inclusão social (geração de renda às famílias de catadores).

Externa: Foi realizada a padronização da coleta seletiva de resíduos sólidos recicláveis em agências de correios implantada de forma experimental em Brasília (2013) com sucesso. Até 2015, todas as agencias de correios nas capitais dos estados terão a coleta seletiva de resíduos sólidos recicláveis. 

Descarte adequado de resíduos especiais

Ação que promove a destinação ambientalmente adequada dos resíduos sólidos destacados a seguir:
- Pneus;
- Resíduos de serviço de saúde;
- Descarte de lâmpadas fluorescentes;
- Óleo lubrificante e baterias de veículos.

EcoPostal

Ação social e ambiental que reaproveita os uniformes, malas e malotes postais sem condições de uso interno, por meio da doação para entidades sem fins lucrativos. Os materiais são transformados em peças artesanais promovendo emprego e renda às pessoas em situação de vulnerabilidade social. O EcoPostal também gera redução de impacto ambiental graças ao reaproveitamento dos materiais que antes eram incinerados.

Saiba mais