identificador da página

Ir para a página inicial

Correios de A a Z
Escolha pela letra inicial dos nossos produtos, serviços e assuntos.

Todos os itens
Correios de A-C
Correios de D-F
Correios de G-Q
Correios de R-Z
.



Informações

Certificado digital é um documento eletrônico que identifica pessoas e empresas no mundo digital, provando sua identidade e permitindo acessar serviços on-line com as seguintes garantias:

- Autenticidade - garantia da identidade de quem executou a transação;
- Integridade - garantia de que o conteúdo da transação não foi alterado;
- Não-repúdio - garantia de que quem executou a transação não pode negar que foi ele mesmo que executou;
- Concessão e restrição de acesso - garantia de impedimento que pessoas não autorizadas possam acessar transações e serviços.

Finalidade

Atualmente, os certificados digitais proporcionam o uso de algumas aplicações nas mais diversas situações, dentre as quais:

a. Receita Federal do Brasil - RFB

- Consulta à Situação Fiscal das Pessoas Físicas e Jurídicas;
- Obtenção de cópias das DARFs recolhidas desde 1993;
- RedarfNet – Retificar DARFs recolhidos com dados errados;
- Cópias de Declarações do Imposto de Renda de Pessoas Jurídicas (DIPJs e PJs);
- Cópias de DCTFs (Declaração de Créditos e Débitos de Tributos Federais) e DACONs (Declaração de Contribuições Sociais);
- Cópias de Declarações do IRPF, DITR e de Impostos Retidos na Fonte – DIRFs;
- Mudança de endereço de Pessoas Físicas;
- Caixa Postal: informe de procedimentos ocorridos nas PF ou PJ. A Receita Federal considera a caixa postal eletrônica do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC);como domicílio tributário eletrônico, onde o contribuinte recebe comunicação de atos oficiais da Receita Federal;
- Pagamento de Impostos Realizados PF e PJ;
- Malha Fiscal: Acompanhamento do processamento da DIRPF
- Possibilidade da Pessoa Física que entregar a DIRPF com certificação digital receber a restituição no primeiro lote;
- Acompanhar o processamento da declaração do imposto de renda pessoa física;
- Procuração Eletrônica - Ao utilizar este serviço, o contribuinte certificado, habilitado como Responsável Legal pela empresa perante Receita Federal, poderá credenciar outras pessoas que atuarão como Representantes Legais dessa empresa;
- Toda empresa que recolhe impostos e contribuições com base no lucro real e arbitrado deverá entregar a Declaração de Informações Econômico-Fiscais 2007, ano-base 2006, mediante o uso do Certificado Digital;
- Parcelamento eletrônico on-line de débitos Pessoas Físicas e Jurídicas;
- Agendamento eletrônico das Pessoas Físicas para atendimento no balcão do e-CAC para resolver pendências;
- Implantação do Sistema Público de Escrituração Digital – SPED

- Nota Fiscal Eletrônica
- Livros Fiscais Eletrônicos
- Livro Diário Eletrônico – (Programa PVA) A partir de 2008, o SPED Contábil importará os dados do Livro Diário, assinado digitalmente pelo representante legal da Empresa e seu Contador, para empresas com faturamento anual acima de 30 milhões e, a partir de janeiro de 2009, para todas as demais empresas tributadas com base no Lucro Real.

- DBE – Documento Básico de Entrada no CNPJ na Receita Federal sem a necessidade de assinatura com firma reconhecida, utilizando a certificação digital;
- SISCOMEX - (Sistema de Comércio Exterior) para. as empresas que pretendem operar no Comércio Exterior somente poderão se habilitar e cadastrar seu responsável legal, mediante certificado digital dessa empresa.

b. Poder Judiciário

- e-DOC - O sistema permite o envio eletrônico de documentos referentes aos processos que tramitam nas Varas do Trabalho dos 24 TRTs e no TST, através da Internet, sem a necessidade da apresentação posterior dos documentos originais (http://www.trt4.gov.br/edoc/);
- A assinatura digital em petições e processos que tramitam na justiça nacional, conferindo agilidade no decorrer do processo, além da economia de tempo e papel. O sistema foi implantado, em fase piloto, no Rio Grande Sul, que passou a julgar 30% mais ações por mês, além da economia de 750 mil reais em economia de papel;
- O Sistema Integrado de Mandado de Prisão (SIMP), mecanismo que possibilita a emissão e o envio de mandados de prisão do Poder Judiciário de maneira on-line, entrará em funcionamento em breve;
- Perícia Judicial: Protocolar eletronicamente as petições e laudos periciais, além de possibilitar contestações e todos os tipos de medidas judiciais.

c. HOMOLOGNET - Homologação das rescisões trabalhistas

Projeto do Governo prevê a homologação das rescisões de contrato de trabalho de forma on-line e com o uso da Certificação Digital;

d. Sistema Registral

- Permite ao Poder Público consultar ocorrências existentes no registro imobiliário, mediante autenticação com uso de certificados digitais – www.oficioeletronico.com.br;
- Permite ao cidadão a solicitação de certidões digitais nos registros de imóveis da capital de São Paulo – www.arisp.com.br.

e. Cartórios

- Protestos: Certidão Negativa, ou Positiva, de Protestos;
- Registro Civil: Certidões de nascimento, casamento e óbito;
- Títulos e Documentos: Certidão de Registro;
- Registro de Imóveis: Certidão Negativa de Propriedade, de Inteiro Teor, Vintenária e Negativa de Ônus e Ações;
- Tabelionato de Notas: Certidão de Escritura e de Procuração

f. Sistema Financeiro

- Nas transações bancárias em meios eletrônicos, com alto nível de segurança e maior proteção para o correntista no acesso aos mais variados serviços;
- Sistema de contratos de câmbio – Agiliza a liberação de contratos de câmbio nas Instituições Financeiras;
- Banco do Brasil – Proporciona ao correntista acessar a conta-corrente apenas com a utilização do Certificado Digital A-3, armazenados em smart card.

g. Cartório de Registro de Títulos e Documentos

- Registro de Contrato Social e Alterações de Sociedades Simples, com utilização 100 % de certificação digital.

OBS – Para viabilizar a abertura 100% digital a Receita Federal do Brasil, para fornecer o CNPJ, deverá autorizar o envio dos documentos da empresa (contrato social registrado) através de documento eletrônico assinado digitalmente, de acordo com os padrões do e-PING, pois hoje só aceitam o papel através de envelopamento via Sedex. Os demais documentos, tais como CPF, RG e comprovante de residência dos sócios, já constam do certificado digital emitido para os sócios e seriam dispensados de apresentação em papel.

h. Governo Eletrônico

- O SICAF (Sistema de informações cadastrais de fornecedores) é destinado aos órgãos/entidades da Administração Pública Federal Direta, Autárquica e Fundacional, no âmbito do Sistema Integrado de Serviços Gerais - SISG. Segundo o SERPRO, em breve todos que acessarem esse sistema serão obrigados a utilizarem a Certificação Digital;
- Participação em Pregões Eletrônicos com o certificado digital;
- As Bolsas Eletrônicas de Comércio (BEC), um mecanismo de compra que permite maior transparência e economia em compras realizadas por entidades governamentais. Vem adotando a certificação digital como parte fundamental. Utilizado em São Paulo;
- Pro Uni do Ministério da Educação - MEC, a certificação digital é exigida na transação de informações com as instituições de ensino participantes;
- Programa Juro Zero - uma das exigências da Financiadora de Estudos e Projetos – FINEP, para concorrer ao empréstimo, é que as empresas precisam ter certificado digital;
- A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) adotou a certificação digital em seu projeto de padronização de documentos, o TISS (Troca de Informação em Saúde Suplementar), obrigando todas as operadoras de saúde a usar o certificado digital;
- O Ministério do Trabalho e Emprego vai disponibilizar um aplicativo que possibilitará as pessoas jurídicas, que possuem certificação digital, o envio da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS). O prazo para apresentação da RAIS vai até o dia 28 de março. Cerca de 400 mil estabelecimentos podem encaminhar a RAIS utilizando a certificação digital (Boletim Digital ITI n° 71).

i. Prefeituras – Secretaria de Finanças

- Acesso ao sistema de Nota Fiscal Eletrônica da PMSP com e-CNPJ para as Pessoas Jurídicas e com e-CPF para os benefícios fiscais das Pessoas Físicas;
- Sistema Integrado de Informações Previdenciárias (Siprev), por meio do qual os estados e as prefeituras prestam contas ao Ministério da Previdência dos benefícios pagos aos servidores aposentados.

j. Secretarias das Fazendas Estaduais

- Nota Fiscal Eletrônica NF-e
- Livros Fiscais Eletrônicos – SPED Fiscal – SINTEGRA

k. Juntas Comerciais

- Livro Diário Eletrônico – SPED – Sistema Público de Escrituração Digital

l. Comércio eletrônico

- No comércio eletrônico, para compra e venda de produtos via Internet de forma mais segura, com garantias reais para vendedores e compradores, que não precisarão mais se cadastrar nos sites de comércio eletrônico, devido à credibilidade do certificado digital.

m. Correio Eletrônico (e-mail)

- Segurança: garante a identidade do emissor, a integridade e inviolabilidade do conteúdo da mensagem enviada.

n. SISBACEN – Sistema do Banco Central

- Autocredenciamento no Sisbacen www.bcb.gov.br/?SISBACENUSUESPFAUTO/ com certificados digitais da ICP-Brasil de pessoa física.

o. INPI – Instituto Nacional de Propriedade Intelectual

- Permite acesso ao sistema e-Marcas e ao Sistema de Vista Eletrônica de Petições.

Saiba como obter seu certificado digital.

Vantagens

Os Correios atuam como Autoridade Registradora na comercialização de certificados digitais da Autoridade Certificadora SERPRO/RFB. Os certificados digitais disponíveis são o e-CPF para Pessoa Física e o e-CNPJ para Pessoa Jurídica. Os Correios oferecem como vantagens a seus clientes de certificados digitais:

- Atendimento de demandas pela Central de Atendimento dos Correios (CAC) pelo número 3003-0888 – de segunda à sexta-feira, de 8 às 18 horas;
- Facilidade de acesso às agências dos Correios;
- Experiência dos Correios no atendimento ao público;
- Imediatamente após a conferência da documentação na agência, o certificado estará disponível para baixa pelo seu titular.

- Ajuda Interativa
- Perguntas Frequentes