Você > Notícias > Presidente dos Correios recebe representações dos trabalhadores

Presidente dos Correios recebe representações dos trabalhadores

Brasília, 17/06/2016 - Nesta sexta-feira (17), o presidente dos Correios, Guilherme Campos, recebeu as entidades representativas dos empregados - Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect); Federação Interestadual dos Empregados da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Findect); Associação dos Profissionais dos Correios (Adcap); Federação dos AposentadosAposentáveis e Pensionistas dos Correios e Telégrafos (Faaco); Associação Nacional dos Aposentados dos Correios (AAC); Maria, Maria (Organização das Profissionais da ECT); Associação dos Procuradores dos Correios (Apect); Associação Nacional dos Trabalhadores da ECT (Anatect) e Associação Recreativa dos Correios (Arco) – além de 31 sindicatos, com o objetivo de estabelecer a primeira etapa de diálogo com os trabalhadores de base para recuperar os Correios.

Segundo Guilherme Campos, para que a empresa possa caminhar no rumo da recuperação, será preciso contar com o empenho de todos os trabalhadores. “Eu coloco esse primeiro encontro como o mais importante dessa gestão que se inicia. Se não houver comprometimento e o compromisso conjunto de todos em prol da empresa, infelizmente a situação vai se agravar. Dependemos agora de muito trabalho, de todos, sem exceção”, enfatizou. Também estiveram presentes na reunião os membros da Diretoria-Executiva e do corpo técnico da empresa.

Diálogo aberto - Além de tratar de questões como Banco Postal e nova estrutura, o presidente da estatal listou alguns assuntos que merecem destaque: “Trazendo às claras a situação que a empresa se encontra, temos a questão da qualidade e dos recursos da empresa, que são grandes desafios a enfrentar no curto prazo. Haverá ainda uma discussão da data-base, que é agora em agosto. Hoje tivemos apenas uma primeira apresentação, para ouvir as considerações, pontuar os problemas e receber as contribuições”, ressaltou. Cada representação teve dez minutos para expor suas sugestões e críticas. Todas as questões serão compiladas e analisadas pela empresa.